PAUSA

Olho pela janela

Vejo o mundo

Sinto-me pequeno perto de tamanhos edifícios… É difícil…

ah! Vasto mundo!!!

Eu aqui e lá outro monte de EU’s…

Cada um segue seu caminho, sua história e

eu fico aqui vendo e sentindo o tempo passar…

Olho o espelho e vejo

já não sou o que antes era…

Cada ruga, cada marca é sinal de vida vivida.

Os cabelos já não estão da cor que eram…

o branco insiste em dizer…

Continuo olhando pela janela.

Longe vejo lugares…

Sinto-me pequeno na vastidão.

A vida pulsa lá fora…

e aqui dentro?

Sei que tem vida. Só quero questioná-la…

Recebo carinho nos pés… dois outros namoram …troca de carinho… minha rainha dorme…medrosa como sempre!

E a vida lá fora…

barulhos variados… som de trem… pássaros … o sol que esquenta meu corpo…

Ah a vida!!!

Tenho companhia…olhamos pela janela…

Ao longe a silueta da cidade que pulsa

Aqui dentro, a vida que insiste em se questionar….

AMO… EU SEI!!

São 15 anos!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s