PRIMEIRO OLHAR – IV FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO PARA BEBÊS

Espetáculos e oficinas gratuitas!!!!!!

Primeiro Olhar – IV Festival Internacional de Teatro para Bebês
Com foco no intercâmbio de linguagens no Teatro para Bebês – contemplando música, dança e teatro – o IV Festival Internacional de Teatro para Bebês acontece de 8 a 30 de agosto de 2015, em São Bernardo do Campo (CLAC – Centro Live de Artes Cênicas) e em São Paulo (Espaço Sobrevento), com entrada franca. 

Com realização do Grupo Sobrevento e La Casa Incierta, a quarta edição vai reunir, além de grupos brasileiros, companhias vindas da Espanha, Uruguai e Dinamarca para apresentar os espetáculos Geometria dos Sonhos (Cia La Casa Incierta/ Espanha), Ar (Cia. Teatro para Bebés/ Uruguai) e Fascinado por Maçãs (Teater Nordkraft / Dinamarca). Representando o Brasil, o festival traz a Cia. Studio Sereia de Brasília, com o espetáculo O Farol, a Caixa do Elefante de Porto Alegre/RS, com Cuco, e o Grupo Sobrevento, que apresenta Meu Jardime Bailarina, os dois espetáculos para bebês de seu repertório. 

Destinado à primeira infância, o festival vai contar com uma programação de 24 apresentações, 2 exposições interativas e 2 oficinas de Teatro para Bebês, destinadas a artistas, pesquisadores e educadores – uma internacional, com a Companhia La Casa Incierta, da Espanha, e outra com o Grupo Sobrevento, do Brasil. O projeto é realizado com o apoio do Programa de Ação Cultural | Secretaria de Estado da Cultura, do Instituto Cultural da Dinamarca e do Ministério da Cultura. 

PROGRAMAÇÃO

CIA. LA CASA INCIERTA | ESPANHA – Espetáculo GEOMETRIA DOS SONHOS       

08 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

09 de agosto, às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo

16 de agosto, ás 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

O espetáculo mostra um caminho poético que evoca a história de uma pedra que, movendo-se das entranhas da terra até seu destino, transforma-se em nuvem para, assim, realizar o seu sonho de poder chorar. O espaço é um sonho geométrico em forma de colmeia onde os espectadores penetram, uma caverna primitiva, o encontro com a fecundidade do mundo: o espaço onde se gera a luz que abre um caminho na escuridão. A Companhia La Casa Incierta é precursora do Teatro para Bebês na Espanha, onde realizou oito edições do Ciclo Internacional de Teatro para a Primeira Infância “Rompiendo el Cascarón”. ESTE PROJETO FOI CONTEMPLADO PELO PRÊMIO FUNARTE DE TEATRO MYRIAM MUNIZ / 2014.

Ficha Técnica – Direção e dramaturgia: Carlos Laredo/ Intérpretes: Clarice Cardell/ Cenografia: Carlos Laredo/ Produção: La casa Incierta/ Direção e Dramaturgia: Carlos Laredo 
GRUPO SOBREVENTO | SP_BRASIL – Espetáculo MEU JARDIM

09 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

Entediado, em meio a um deserto, um viajante decide criar um jardim. Mas como fazê-lo? A partir do texto da autora belga de origem iraniana Mandana Sadat, o Grupo Sobrevento compõe um espetáculo que fala de esperança, de sonho, do desejo e da possibilidade de transformar o mundo, em uma paisagem que poderia ser o Irã, como poderia ser o Brasil. A montagem utiliza elementos visuais e sonoros próprios da cultura brasileira, que a aproximam da cultura iraniana e que, curiosamente, parecerão familiares a cidadãos de todo o mundo. 

Ficha Técnica: Texto: Mandana Sadat/ Tradução e adaptação: Luiz André Cherubini e Sandra Vargas/ Interpretação: Luiz André Cherubini e Maurício Santana/ Direção geral: Luiz André Cherubini e Sandra Vargas/ Cenografia, bonecos e adereços Grupo Sobrevento/Orientação cenográfica: André Cortez/ Figurino: Thais Larizzatti/ Direção musical e músicas originais: João Poleto/ Iluminação: Renato Machado/ Orientação coreográfica: Alício Amaral, Juliana Pardo e J. E. Tico/ Produção executiva: Lucia Erceg

CIA. TEATRO PARA BEBÉS | URUGUAI – Espetáculo AR

15 de agosto, às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

16 de agosto, às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo

Segundo espetáculo da companhia, AR é concebido para criar uma atmosfera poética onde a magia das palavras, sons, músicas e objetos cenográficos levam os bebês a se deslumbrar com coisas simples, em um ambiente livre que convida à experiência sensorial. O espetáculo é acompanhado por música ao vivo e tem a direção de um dos mais renomados diretores do Teatro Uruguaio.

Ficha Técnica: Texto e Canções: Colomba Biasco/ Direção Fernando Toja/ Interpretação: Carina Biasco/ Musico e vídeo: Gustavo di Landro/ Cenografia, Figurino e Iluminação: Carolina Suarez/ Percussionista: Nicolás Arnicho/ Animação: Virginia Scasso Lucas Carrier.

CAIXA DO ELEFANTE | RS_BRASIL – Espetáculo CUCO

22 de agosto, às 11h e às 14h |CLAC – São Bernardo do Campo

23 de agosto, às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo

Motivado por aquela que parece ser uma das primeiras experiências lúdicas e estéticas dos bebês – o jogo entre o “esconder e o revelar”, o espetáculo propõe um universo em que a surpresa do começo, da chegada, da primeira vez, cria, por meio da manipulação de objetos, uma atmosfera espetacular na qual as fronteiras do tempo, das formas e dos sentidos se intercambiam entre o real e o imaginável. Fundada em 1991, em Porto Alegre (RS), a Caixa do Elefante Teatro de Bonecos, é uma das companhias teatrais mais atuantes e de maior destaque no panorama artístico nacional. Suas premiadas montagens, direcionadas tanto para o público infantil quanto para o adulto, já percorreram diversos países da Europa, América do Norte e América do Sul. A PETROBRAS É PATROCINADORA DA CAIXA DO ELEFANTE – TEATRO DE BONECOS.

Ficha técnica: Roteiro e direção: Mário de Ballentti/ Pesquisa e concepção pedagógica: Paulo Fochi/ Elenco:Ana Luiza Bergmann e Bruna Baliari Espinosa/ Cenografia, Figurinos e objetos cênicos: Margarida Rache/ Composição de trilha sonora, arranjos, execução e programação de instrumentos: Marcelo Delacroix e Beto Chedid/ Vocais: Simone Rasslan/ Piano: Fernando Spillari/ Violão e bandolim: Veco Marques / Violoncello: Rodrigo Alquati / Gravado nos estúdios da Central de Trilhas/ Gravações adicionais nos estúdios Marquise 51 e Tec Audio/ Criação de luz: Fabrício Simões/ Criação gráfica:Clo Barcelos/ Desenhos:Mário de Ballentti/ Assessoria de Imprensa: Simone Lersch/ Produção e Realização: Caixa do Elefante Centro Cultural de Projetos e Pesquisas/ Patrocínio: Petrobras

GRUPO SOBREVENTO | SP_BRASIL – Espetáculo BAILARINA

23 de agosto às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

Uma mulher recebe de presente, de sua filha, uma caixinha de música, com uma bailarina. Entre colares e a dança da bailarina, ela se lembra dos sonhos esquecidos e abandonados e questiona o equilíbrio que buscou e que encontrou. Esta conquista, porém, afastou-a do risco, do medo, da queda e das emoções mais profundas que sua filha – agora, do mesmo modo que quando era pequena – teima em despertar. Bailarina é um espetáculo muito íntimo e delicado, feito de silêncios, ações físicas, utilização de objetos, valorização das mínimas ações: pequenas coisas que, na relação com a primeira infância, tomam uma dimensão muito maior. Vídeo no Youtube

Ficha Técnica: Direção: Luiz André Cherubini e Sandra Vargas/ Dramaturgia: Sandra Vargas/ Atriz-manipuladora: Sandra Vargas/ Direção Musical: Luiz André Cherubini/ Cenografia, bonecos e adereços: Grupo Sobrevento/ Figurinos: Sandra Vargas/ Direção de Produção: Grupo Sobrevento/ Produção Executiva e Assessoria de Comunicação: Lucia Erceg

TEATER NORDKRAFT/ LISA BECKER E CLAUS CARLSEN | DINAMARCA – Espetáculo FASCINADO POR MAÇÃS

29 de agosto às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

30 de agosto às 11h e às 14h | Espaço Sobrevento – São Paulo

Um jogo musical feito com objetos comuns. Na arena, diante dos olhos e ouvidos do público, eles se transformam: um saco plástico se transforma em suspiro, uma rede de pesca vira um apanhador de sonhos e os sentimentos mudam de cor quando a luz ilumina o rosto. O som das maçãs abre a cortina e a viagem começa… A partir de coisas simples e de objetos encontrados o músico-inventor dinamarquês Claus Carlsen, a atriz brasileira Lisa Becker e a diretora francesa Catherine Sombsthay criaram um espetáculo sem palavras feito de pequenos poemas musicais e visuais, destinado a crianças de 2 a 6 anos. É uma experiência de teatro sensorial, onde público é convidado a embarcar numa viagem por atmosferas, imagens e transformações. As coisas podem ser diferentes daquilo que achamos à primeira vista, o mundo é cheio de possibilidades.

Ficha Técnica: Direção e criação: Catherine Sombsthay/ Criação e Interpretação : Claus Carlsen e Lisa Becker / Música: Claus Carlsen / Produção e técnica: Teater Nordkraft, Aalborg, Dinamarca.

CIA. STUDIO SEREIA | DF_BRASIL – Espetáculo O FAROL

30 de agosto às 11h e às 14h | CLAC – São Bernardo do Campo

Era uma vez uma menina que não tinha casa, só asas. Um dia, voando na imensidão, decidiu pousar no mar. Nesse momento, sentiu que tinha corpo, sentiu o seu peso, sentiu que fazia parte de algum lugar. Fechou os olhos e, quando percebeu, já não era mais ela e sim uma menina-peixe. E foi então que escutou uma canção… O que ela não sabia é que havia atravessado pelo fundo do mar até chegar à terra e que, do outro lado, estava a mãe dela, encostada em uma árvore, escutando a mesma canção.

Ficha Técnica: Realização: Cia. Studio Sereia| Interpretação e trilha sonora: Fernanda Cabral | Direção: Clarice Cardell | Dramaturgia: Clarice Cardell e Fernanda Cabral | Cenografia, bonecos e adereços: Viviane Cardell | F igurino: Val Barreto | Iluminação: Carlos Laredo | Criação e orientação em manipulação de boneco (Teatro de Animação/Sombras): Izabela Brochado | Orientação em manipulação de objetos: Katiane Negrão

OFICINA: BRINCANDO COM O INVISÍVEL, com Carlos Laredo (La Casa Incierta – Espanha)

Dias 07, 10 e 11 de agosto, das 19h às 22h

Local: Espaço Sobrevento – São Paulo

Inscrições pelo site sobrevento.com.br

A oficina abordará os processos artísticos e pedagógicos em torno do universo teatral voltado para a primeira infância. A proposta é explorar o misterioso universo dos cinco primeiros anos de vida de um ser humano. A partir disso, será abordada a criatividade cênica para a primeira infância, dentro de uma perspectiva do trabalho poético sobre a inocência e a invisibilidade, por meio de exercícios práticos e teóricos no campo da dramaturgia e da encenação para bebês. Carlos Laredo é diretor da Cia. La Casa Incierta (ESP) e pesquisa o Teatro para a Primeira Infância há quinze anos.

OFICINA: Criando um espetáculo para Bebês, com Sandra Vargas (Sobrevento – Brasil)

De 17 a 21 de agosto, das 9h às 13h

Local: CLAC – São Bernardo (Centro Livre de Artes Cênicas) 

Inscrições pelo site sobrevento.com.br
O Teatro para Bebês nos obriga a adotar uma nova postura e a um novo olhar. Partindo do pressuposto de que todo ser humano tem uma capacidade inata de entendimento, de comunicação e de sensibilidade, chegamos a um ponto que desconhecemos, em que temos mais a aprender que a ensinar. Não nos servem mais os truques, as caretas, as cartas na manga, a emoção técnica e superficial, os velhos esquemas. E temos que olhar tudo como pela primeira vez. E redescobrir aquilo que achávamos que conhecíamos. Em busca de um novo Teatro, de uma nova comunicação e de nós mesmos.
INSTALAÇÃO Arte para Bebês | Giuliana Pellegrini – CLAC São Bernardo

Desde a concepção, os indivíduos acumulam experiências sensíveis: o som das batidas do coração da mãe, a sensação de proteção dentro do útero, os sons vindos de fora. Depois do nascimento, estes registros e inúmeros outros novos passam a se transformar em pontos disparadores para a construção poética e para aguçar a vontade de experimentar muitas novas sensações. Arte para Bebês é uma instalação interativa onde, através da livre exploração de alguns elementos, propõe-se estabelecer entre bebês e seus acompanhantes um olhar poético sobre as cores, os sons, as texturas e o sabor das coisas.

INSTALAÇÃO Plantação | Liana Yuri e Sueli Andrade – Espaço Sobrevento

A instalação consiste em pequenos vasos onde é possível entrar e experimentar diferentes sensações e acionar pequenos mecanismos de interação.

Sobre as companhias participantes

A CIA CAIXA DO ELEFANTE TEATRO DE BONECOS é uma das companhias de teatro mais atuantes e de maior destaque no panorama artístico nacional. Suas premiadas montagens, direcionadas tanto para o público infantil quanto para o adulto, já percorreram diversos países da Europa, América do Norte e América do Sul, representando e valorizando, em cada um deles, a essência de nossa autêntica cultura. Ao longo de sua existência, acumulou vasta experiência na construção de bonecos, cenografias e adereços cênicos, tanto para seus espetáculos como para outras companhias e programas televisivos. A companhia é patrocinada pela PETROBRAS.

O TEATER NORDKRAFT é um dos principais teatros dinamarqueses, cuja missão é produzir espetáculos atuais e relevantes para o público infantil e adulto. Este teatro trabalha predominantemente através de co-produções com outras companhias e com artistas independentes. O músico Claus Carlsen e a atriz Lisa Becker são artistas independentes que trabalham com diferentes companhias, criando predominantemente espetáculos para a primeira infância, se apresentando na Dinamarca e internacionalmente. A colaboração de Carlsen com a diretora francesa Catherine Sombsthay (Cie. Médiane) começou em 2007, com o espetáculo para bebês “Rain”. O trabalho desses artistas é marcadamente visual, sensorial e musical e fundamenta-se no respeito pela sensibilidade, inteligência e capacidade perceptiva da criança (e do adulto).

A CIA. STUDIO SEREIA é fundada pela cantora, compositora, diretora e atriz Fernanda Cabral, em 2014. Também dedicada à criação de trilhas sonoras para teatro, neste mesmo ano compõe “El gatito Misimí”, para o espetáculo “La Caperucita Roja” da Cia. Mulambo, de Val Barreto, em Madri, e assina a direção e trilha sonora da peça “Da Ilíada ao Cangaço: Mulheres em Cena”, apresentada no Festival Cometa Cenas de Brasília, no ano de sua fundação.

Fundada pela atriz Carina Biasco e pelos músicos Gustavo Di Landro e Colomba Biasco, a CIA TEATRO PARA BEBÊS foi a primeira a criar um espetáculo para a primeira infância no Uruguai.

O GRUPO SOBREVENTO é uma das companhias brasileiras de Teatro que mais se apresentam no exterior. No Brasil, realizou diversos eventos internacionais e faz a curadoria de muitos Festivais Internacionais de Teatro e de Teatro de Animação, sua especialidade. Tem renome internacional e uma carreira sólida de 29 anos. Tem recebido prêmios ou indicações para prêmios (Mambembe, APCA, Shell e Estímulo) e críticas elogiosas que destacam principalmente o aspecto da pesquisa e a inovação em cada montagem. Realiza desde 2010 (2010, 2013 e 2014) a Mostra PRIMEIRO OLHAR – Festival Internacional de Teatro para Bebês, em São Bernardo do Campo. Em 2011, realizou o PRIMEIRO TEATRO: I Ciclo Internacional de Teatro para Bebês, em Brasília e no Rio de Janeiro.

LA CASA INCIERTA é precursora do Teatro para Bebês na Espanha e direciona seu trabalho a este público há 15 anos. Realizou oito ciclos internacionais de Teatro para Bebês em seu país. Seu diretor, Carlos Laredo, dirigiu por 10 anos o Festival Teatralia, um dos maiores eventos de artes para crianças da Europa, e também ocupou a direção da Rede de Teatros de Madri.

Os Criadores do Projeto

O PRIMEIRO OLHAR é uma Mostra idealizada pelo GRUPO SOBREVENTO e pela Companhia LA CASA INCIERTA, parceiros há dez anos na iniciativa de desenvolver um Teatro para Bebês no Brasil. É dos dois a curadoria desta Mostra, realizada pelo Grupo Sobrevento com o apoio do PROAC, Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, por meio de sua Secretaria de Cultura.

Ficha Técnica do Festival

Realização e direção de produção: Grupo Sobrevento Curadoria: Grupo Sobrevento Produção executiva: Lucia Erceg e Thaís Larizzatti Iluminação: Marcelo Amaral Assistência de iluminação: Ícaro Zanzini Coordenação de palco e montagem: Agnaldo Souza Monitoria: Agnaldo Souza, Giuliana Pellegrini, J. E. Tico, Anderson Gangla e Thaís LarizzattiProgramação visual: Marcos Corrêa/Ato Gráfico Assessoria de imprensa: Lucia Erceg Fotos: Marco Aurélio Olimpio

Serviço:PRIMEIRO OLHAR – IV FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO PARA BEBÊS – de 8 a 30 de agosto de 2015

Locais:

CLAC – Centro Livre de Artes Cênicas. Praça São José, 240 – Baeta Neves – São Bernardo do Campo – Telefone: (11) 4125-0582.

Espaço Sobrevento. Rua Coronel Albino Bairão, 42 – Metrô Bresser-Mooca – Telefone: (11) 3399-3589.

Os locais serão adaptados para receber os bebês e seus pais e contarão com assentos especiais para bebês, trocador, assentos sanitários infantis nos banheiros e brinquedoteca, além de um estacionamento para carrinhos de bebê.
Duração: Os espetáculos têm duração de 30 a 45 minutos.

Capacidade e recomendação: 80 lugares – destinam-se a um bebê de 6 meses a 3 anos de idade com um acompanhante, em um total de 40 lugares para bebês e 40 lugares para acompanhantes, por sessão.
Ingressos gratuitos, distribuídos meia hora antes de cada sessão (no Espaço Sobrevento) e uma hora antes de cada sessão (no CLAC). É recomendável fazer reserva pelo e-mailinfo@sobrevento.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s